Para evoluir profissionalmente com excelência em qualquer área de atuação, é de extrema importância estudar os conceitos fundamentais em sua profissão. Para isso é necessário compreender o que são e quais as diferenças entre: metodologia, método, processo e técnica.

Estes conceitos estão presentes em toda natureza de trabalho. Muito bem definidos por profissionais na área de pesquisa acadêmica, nem sempre são bem compreendidos por outras áreas, por exemplo por profissionais de programação e desenvolvimento de software.

Metodologia, método, processo e técnica segundo o dicionário

Vou começar apresentando um rápido resumo conceitual, encontrado nos dicionários, para cada uma destas terminologias:

  • Metodologia
    • ramo da lógica que se ocupa dos métodos das diferentes ciências
    • parte de uma ciência que estuda os métodos aos quais ela própria recorre
    • é um conjunto de métodos, técnicas e ferramentas que determinam como um processo deve ser desempenhado.
  • Método:
    • procedimento, técnica ou meio de fazer alguma coisa, especialmente de acordo com um plano
    • processo organizado, lógico e sistemático de pesquisa, instrução, investigação, apresentação
    • é uma maneira sistemática de realizar uma tarefa
    • qualquer procedimento técnico, científico
  • Processo:
    • é uma ação continuada, realização contínua e prolongada de alguma atividade; seguimento, curso, decurso
    • sequência contínua de fatos ou operações que apresentam certa unidade ou que se reproduzem com certa regularidade; andamento, desenvolvimento, marcha
    • modo de fazer alguma coisa; método, maneira, procedimento
  • Técnica:
    • é uma maneira, não sistemática, de realizar uma tarefa
    • maneira de tratar detalhes técnicos (como faz um escritor) ou de usar os movimentos do corpo (como faz um dançarino)
    • destreza, habilidade especial para tratar esses detalhes ou usar esses movimentos

O que é Metodologia

Metodologia está relacionada ao estudo amplo, à pesquisa e apresentação de métodos, processos e técnicas.

Ao estudar uma metodologia você não terá será apresentado a um “roteiro de execução”.

Vamos comparar a metodologia ao estudo de uma língua, por exemplo, o Português. Ao estudar esta língua você aprende todas as suas regras, formas de uso, composições gramaticais, objetivos e aplicabilidades para a língua em contextos e situações cotidianas, formais, profissionais, empresariais.

Profissionais estudando uma metodologia para método, processo e técnicas visuais
Profissionais estudando uma metodologia

Esta abrangência do estudo de metodologia é o mesmo quando você está estudando, por exemplo: Metodologias para o desenvolvimento de software.

Você será apresentado a uma ampla variedade de regras, sintaxes, símbolos, ferramentas, métodos, os quais poderá utilizar nos momentos adequados em seus projetos de software.

Portanto, ao estudar uma metodologia você estará, primeiramente, sendo inserido em um contexto filosófico de estudo relacionado ao desenvolvimento de softwares.

Filosófico sim, pois nenhuma metodologia está desassociada à questões comportamentais dos envolvidos nesta atividade complexa que é a construção de sistemas computacionais.

O que você precisa compreender realmente é que o estudo de uma metodologia – ou várias, pois senão como comparar suas diferenças e escolher a mais adequada – trás um grande volume de informação e opções que não devem ser utilizadas em sua plenitude para todo e qualquer projeto de software.

Por exemplo: você aprende todas as regras sintáticas e gramaticais do Português para saber quando utilizá-las, pois, com certeza, não precisará de todas quando escrever um e-mail pessoal, serão um pouco diferentes quando o e-mail for profissional, e ainda terá de saber quebrar estas regras se estiver escrevendo em um aplicativo de chat com amigos.

O objetivo nos exemplos anteriores é o de comunicar-se em Português, a metodologia é a mesma porém, o processo, técnicas e ferramentas que você irá utilizar deverão estar de acordo com o contexto.

Para aprender sobre metodologias no ramo de desenvolvimento de software eu indico a leitura de livros sobre Engenharia de Software.

Não seria uma relação direta com metodologia, porém as duas sugestões a seguir apresentam visões amplas sobre a complexidade envolvida e também discorrem sobre metodologias.

Metodologia – material de estudo

Sempre sugiro como leitura obrigatória os clássicos:

Mas você pode pesquisar opções tão boas quanto e talvez com custos mais acessíveis nesta lista de livros sobre Engenharia de Software.

Mesmo que a literatura de Engenharia de Software descreva de maneira ampla metodologias, poderíamos citar as duas mais presentes nos estudos deste campo do conhecimento: Metodologias Clássicas ou em Cascata e as Metodologias Ágeis.

Veja a seguir a evolução do estudo e o início de sua aplicabilidade com a compreensão e diferença de metodologia para processos e métodos.

O que é Método e Processo

Talvez em contextos não relacionados à Engenharia de Software, método e processo possam ter conotações bem diferentes. Porém, pelas próprias definições que você pode ler no dicionário, em resumo, ambos definem uma maneira sistemática e, por vezes, ordenada e contínua de realizar uma atividade.

Uma das próprias definições de método incorporam o “processo” como seu significado:

-> processo organizado, lógico e sistemático de pesquisa, instrução, investigação, apresentação

Ou mesmo processo que define “método” como um de seus significados:

-> modo de fazer alguma coisa; método; maneira; procedimento
Etapas de um processo Ágil de Desenvolvimento de Software
Etapas de um processo Ágil de Desenvolvimento de Software

Isto significa que método ou processo definem, ou podem definir, sequências, passos ou etapas a serem executados em atividades distintas.

Métodos na Gestão de Projetos

Se formos aplicar os conceitos à Gestão de Projetos é uma maneira de executar um (ou mais) dos passos de seu projeto.

Por exemplo pode-se usar o Método do Caminho Crítico (CPM, em inglês) que usa um diagrama no auxílio da gestão de processos do projeto que possuem prazos apertados com alto risco de atraso.

Outro exemplo é o método GTD (Getting Things Done – “Fazendo as Coisas”) que auxilia projetos pessoais que precisam de mais produtividade, organizando a execução de uma rotina mais efetiva.

Processos de Desenvolvimento de Software

No contexto da Engenharia de Software, por exemplo: os métodos de desenvolvimento de software podem definir conjuntos de ferramentas e etapas que devem ou podem ser executados em um projeto de software.

Processos de desenvolvimento de software, em geral, descrevem da mesma maneira, etapas a serem executadas.

PDS ou Processos de Desenvolvimento de Software podem existir como guias a serem seguidos dentro de determinadas metodologias – compreendeu a relação?

Vou explicar de outra maneira: metodologia é filosófica, define diretrizes, premissas, valores – métodos e processos são práticos, definem etapas, sequências ordenadas, aplicação de regras e ferramentas.

O mais comum é você, após estudar e definir o uso de uma metodologia, estudar e definir um método que seja total ou parcialmente baseado nela.

Apesar de não ser comum, podem existir métodos que mesclam diretrizes de mais de uma metodologia, porém, dependendo da área do conhecimento onde são aplicados, isto não é possível por existirem conflitos principalmente entre os valores pregados por cada metodologia.

Se contextualizarmos na Engenharia de Software, afirmo por experiência, que é possível “adaptar” processos baseados em métodos para sua equipe ou empresa de desenvolvimento, que mescle algumas ferramentas ou etapas, mas desde que as “junções” não entrem em conflito com os valores como citei acima.

O que é Técnica

Técnica considero o conceito mais fácil de entender ou explicar: técnica é uma habilidade, a aplicação de uma ferramenta.

Considerando a relação com os demais conceitos, técnica é o como fazer, ou como executar, definido pelas etapas ou passos em processos e métodos.

Por exemplo, considere a adoção de um Kanban para acompanhamento de tarefas em um projeto tradicional ou de desenvolvimento de software.

Criar o Mockup de uma tela (protótipo) é a aplicação de uma técnica em uma etapa de Prototipação de Software definida em um possível método ou processo de software que você está seguindo, este criado tomando por base alguma metodologia, por exemplo, a metodologia ágil.


Considerações finais

Conhecer as diferenças conceituais entre metodologia, métodos, processos e técnicas irá lhe trazer maior compreensão e melhor aplicação prática quando estudá-las em sua área de atuação, ou, dentro de nosso contexto, na Engenharia de Software.

Mantenha-se atualizado

Não esqueça de me seguir no Twitter e assinar o Canal Mazer.dev no Youtube para receber atualizações de novos artigos, vídeo aulas e cursos gratuitos em desenvolvimento e engenharia de software.

1 comentário em “Metodologia, método, processo e técnica – o que são e suas diferenças”

  1. Pingback: Sistemas de Controle de Versão - O que é? - MAZER.DEV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *